[Cobertura] Accept e Motorocker fazem apresentações marcantes na Ópera de Arame

Nenhum comentário

Accept & Motorocker
Ópera de Arame
Curitiba/PR
14 de novembro de 2017

por Arianne Cordeiro

Na última terça-feira, a Ópera de Arame estremeceu aos riffs das guitarras do Heavy Metal clássico. Com casa cheia, as bandas Motorocker (Brasil) e Accept (Alemanha) fizeram uma apresentação ensurdecedora, impressionando tanto os mais jovens quanto os veteranos que lá estavam presentes.

Enquanto a maioria da plateia ainda se posicionava em seus lugares, os curitibanos do Motorocker aqueceram o local. No repertório, trouxeram músicas consagradas de sua carreira, como “Igreja Universal do Reino do Rock”, “Rock na Veia” e “Salve a Malária”. A banda esbanjou simpatia, mesmo contando com um tempo muito curto para sua performance – o que não é incomum quando se trata de bandas de abertura. O grande destaque, sem dúvidas, é o vocalista Marcelus dos Santos, que agitou e interagiu muito em todas as músicas, tendo reciprocidade do público e provando que a banda já conquistou seu espaço no cenário do rock nacional.

Accept (foto: Arianne Cordeiro)

Pouco depois, os gigantes do Accept assumiram suas posições no palco. Com um setlist amplo, os veteranos “deram uma aula” de Heavy Metal,  com uma performance impecável e excelente. A iluminação e o cenário ajudaram a tornar a apresentação ainda melhor, destacando os músicos, que desfilavam de um lado para o outro do palco e interagiam com o público de maneira exemplar. As guitarras de Wolf Hoffmann e Uwe Lulis animaram a todos por quase duas horas, destacando a voz de Mark Tornillo em seus quase dez anos na banda. O baixista Peter Baltes e o baterista Christopher Williams também  foram indispensáveis ao som e completaram o time de forma brilhante.

Accept (foto: Arianne Cordeiro)

Começando com “Die by the Sword”, de seu último disco, o grupo navegou por várias fases de sua carreira. Equilibrando-se entre seus álbuns, deixaram a maior parte das músicas mais novas para o início e o repertório mais clássico para o final do show, como já era esperado. O setlist não variou muito durante a turnê brasileira e os fãs puderam conferir várias músicas mais recentes, principalmente do último álbum, “The Rise of Chaos”, mas sem deixar de lado as já obrigatórias “Balls to the Wall”, “Metal Heart”, “Midnight Mover”, “Princess of the Dawn”, além de mais alguns clássicos, que não poderiam ficar de fora.

Confira os setlists!

Motorocker
1. Pegada Seca
2. Igreja Universal do Reino do Rock
3. T.C.O.
4. Aonde Você Vai Eu Não Vou
5. Rock Na Veia
6. Acelera e Freia
7. Homem Livre
8. Curva de Rio
9. Para-Raio de Encrenca
10. Salve a Malária

Accept
1. Die by the Sword
2. Stalingrad
3. Restless And Wild
4. London Leatherboys
5. Living for Tonite
6. The Rise of Chaos
7. Koolaid
8. No Regrets
9. Analog Man
10. Final Journey
11. Shadow Soldiers
12. Neon Nights
13. Princess of the Dawn
14. Midnight Mover
15. Up to the Limit
16. Objection Overruled
17. Pandemic
18. Fast as a Shark

19. Metal Heart
20. Teutonic Terror
21. Balls To The Wall

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s