[Cobertura] Apocalyptica se apresenta em Curitiba na Opera de Arame

Nenhum comentário

Apocalyptica
Ópera de Arame
Curitiba/PR
24 de novembro de 2017

texto por Andrey Venotti
fotos por Arianne Cordeiro

Lembro-me bem do ano de 1996, quando os finlandeses do Apocalyptica chegaram com tudo com o seu álbum de estreia ‘Plays Metallica by Four Cellos’. À época, as revistas especializadas em som pesado enfatizaram o inusitado debut – que vendeu mais de 800.000 cópias no mundo todo – e atiçaram a curiosidade dos headbangers brasucas. Porém, para a grande maioria dos interessados, a única forma de ouvir o álbum era comprando-o em CD; obviamente, eu assim o fiz.

Vinte e um anos depois, o quinteto finlandês fez uma apresentação belíssima na Ópera de Arame em Curitiba, mais precisamente na noite de 24/11/2017. Excursionando pelo país pela terceira vez, agora com a ‘Plays Metallica by Four Cellos Tour’, o Apocalyptica executou na íntegra seu primeiro álbum e, de quebra, mandou ver outros clássicos da banda estadunidense. Vale destacar aqui que, em dezembro de 2011, comemorando seu aniversário de 30 anos, o próprio Metallica convidou o Apocalyptica a se juntar a eles no palco para celebrar a data, marcando profundamente a história da banda europeia.

Em Curitiba, na noite em questão, tivemos o anfiteatro tomado pelo público (sim, estava lotado) e a banda subiu ao palco calma e pontualmente. Um a um, Eicca Toppinen, Perttu Kivilaakso, Paavo Lötjönen, Antero Manninen se posicionaram em seus lugares e deram início à apresentação. Sem delongas, e com os expectadores ainda tímidos, Enter Sandman abriu a apresentação. A título de informação, vale destacar que, dos quatro citados, apenas Perttu Kivilaakso não é membro original, tendo se juntado à banda apenas no terceiro álbum de estúdio (Cult, de 2000).

Apocalyptica (foto: Arianne Cordeiro)

O show do Apocalyptica é, sem dúvidas, bastante diferente do que o público headbanger está acostumado: ao invés de guitarras distorcidas, vocais rasgados e bateria e baixo pulsantes, temos violoncelos e – também – bateria, nada de vocalista. As melodias vocais são feitas todas no cellos. Se bem que, antes da segunda música – “Harvest of Sorrow” – Eicca Toppinen pediu ao público para ser “o vocalista” da noite”.

A primeira parte do setlist foi totalmente dedicado ao primeiro álbum, sendo tocado na íntegra. Sem bateria, os quatro violoncelistas demonstraram a destreza que cativou o público ao redor do mundo. “Master of Puppets”, The Unforgiven” e “Sad But True”, por exemplo, tiveram os refrões cantados fortemente pela plateia.

Mas, a segunda parte do show sem dúvida alguma foi a mais ‘explosiva’. Juntando-se ao quarteto, o baterista Mikko Sirén entrou na segunda parte de ‘Fade to Black’ e fez tremer as estruturas da Ópera de Arame. Com uma qualidade de som excelente, os finlandeses arrancaram urros da galera a cada final de música. “For Whom the Bell Tolls”, “Seek and Destroy”, “Battery”, ‘arregaçaram” os falantes e levaram todos ao delírio, literalmente. Ah…ao final de ‘Seek and Destroy’, duas singelas homenagens: um pedaço de ‘Thunderstruck’ do AC/DC e outro de ‘Refuse/Resist’ do Sepultura foram tocados na sequência, mas só uma pequena parte pra “atiçar” os presentes.

A banda, bem comunicativa, não escondia a satisfação de estar ali presente, sendo ovacionada em vários momentos. Eicca e Perttu eram os que falavam com o público nos finais das músicas; às vezes com certo humor, às vezes com agradecimentos. Para o bis, “Nothing Else Matters” e “One” foram os ‘medalhões’ que encerraram a apresentação e, ao final, Eicca prometeu aos curitibanos que o Apocalyptica irá voltar à capital. Tomara que bem em breve, pois essa noite foi para lá de especial. Aqui vale a velha máxima: quem não foi, perdeu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s