[Cobertura] Toy Dolls apresenta show enérgico e bem humorado para um Hermes Bar lotado

Nenhum comentário

Toy Dolls
Hermes Bar
Curitiba/PR
10 de agosto de 2018

fotos por Arianne Cordeiro
texto por Andrey Venotti

O lendário Toy Dolls voltou a Curitiba para mais um show enérgico e divertido. A galera compareceu em peso e curtiu.

A banda Filósofos de Bar abriu a noite, enquanto o público ainda entrava na casa. No repertório, incluíram vários covers, sem esquecer de suas músicas próprias. Uma das características mais fortes da banda foi a presença de palco do vocalista, que animou o público com suas “coreografias” durante a apresentação. A banda No Milk Today também não ficou para trás, confirmando sua tradição na cena do Punk Rock nacional e representando muito bem o estilo. Um dos pontos altos das duas apresentações foi a participação do guitarrista da segunda banda no show dos Filósofos de Bar, aproveitando o momento para mostrar a parceria existente na cena e agitando o público.

O Toy Dolls finalmente subiu ao palco, e apresentando um show enérgico, sem firulas e bastante divertido. Mesmo sendo uma banda veterana, com músicos já com alguma idade, foi tudo bastante agitado. Abriram com a festiva “Fiery Jack”, com eu refrão feito para ser berrado a plenos pulmões. Foi o que a galera fez. Seu andamento moderado é indicado para danças e tudo o mais, sem maiores preocupações. Outros momentos, como “Cloughy Is a Bootboy!” e sua intro meio irish, e “Dig That Groove Baby” foram inesquecíveis. “Wipe Out”, original do The Surfaris, também.

Toy Dolls (Foto: Arianne Cordeiro)

O clima de descontração é imenso, tanto da banda em cima do palco quanto do público, abaixo. A galera, que lotou e transbordou o Hermes Bar, pirou demais e ainda se viu inundada por balões pretos no encerramento do show. Uma loucura total. Antes, logo após tocarem “Idle Gossip”, os caras emendam com “Lambrusco Kid”, onde o guitarrista e vocalista Michael “Olga” Algar e o baixista Tom “Tommy Goober” Blyth tocam com coreografias ensaiadas e tal. Então Olga vai ao microfone e fala que estava com sede. Um roadie lhe entrega uma garrafinha de refrigerante, que Olga logo devolve. Ele recebe uma garrafa pet de 2 litros, que logo é descartada também. Então este finalmente recebe uma garrafa inflável gigante de Lambrusco (um tipo de vinho), com a qual deu tiros de serpentina no pessoal. Todos adoraram. Doideiras que só o Toy Dolls faz por você.

Mas tanta descontração também teve pontos negativos, pois o palco virou uma bagunça em determinados momentos. Muita gente não se contentava em subir e pular, que é algo normal. Muita gente tirava selfies com os caras DURANTE o show. Mosh é tranquilo e a banda não se importou, mas os seguranças ficaram grilados. Mas não rolou nada de violência.

Toy Dolls (Foto: Arianne Cordeiro)

O show do Toy Dolls é doideira pura. Se os caras voltarem, não desperdice a oportunidade, caso tenha perdido dessa vez. Quem já viu os caras ao vivo certamente vai voltar a ir numa próxima vez. DEMAIS!

REPERTÓRIO
Fiery Jack
Cloughy Is a Bootboy!
Bitten by a Bed Bug
The Death of Barry the Roofer With Vertigo
Up the Garden Path
Dougy Giro
Spiders in the Dressing Room
Nellie the Elephant
Fisticuffs in Frederick Street
She’ll Be Back With Keith Someday
Idle Gossip
The Lambrusco Kid
Toccata in Dm
Alec’s Gone
Harry Cross (A Tribute to Edna)
Wipe Out
When the Saints Go Marching In
Glenda and the Test Tube Baby
Dig That Groove Baby
She Goes to Finos
Theme Tune
Bless You My Son
My Girlfriend’s Dad’s a Vicar

Galeria de Fotos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s