[Entrevista/Interview] Symphony X: “Não há sentimento melhor do que ser alimentado pela energia dos fãs”

A banda Symphony X é uma das mais importantes do cenário do metal progressivo, construindo uma carreira sólida há 25 anos. Para celebrar esse quarto de século, o grupo embarca em uma turnê especial de comemoração. O Brasil, é claro, não poderia ficar de fora e a apresentação acontecerá em São Paulo, no dia 30 de julho, no Tokio Marine Hall.

Conversamos com o tecladista Michael Pinnella sobre a sensação de estar de volta à estrada e os planos para o futuro.

[Português – English]

Por Gustavo Abiner

Depois de dois longos anos, vocês estão finalmente de volta à estrada. Como vocês descreveriam este momento? Alívio, cansaço… Qual é o sentimento de estar de volta?

Foi ótimo voltar a estrada. É como andar de bicicleta. Você nunca perde as marcas da estrada. Tivemos uma ótima turnê norte-americana até aqui. Os fãs têm sido incríveis e acho que superaram nossas expectativas. Todos os shows foram ótimos, até mesmo nos lugares onde não tocávamos há anos.

A música ajudou de alguma forma durante estes momentos dolorosos que todos nós estamos vivendo? Escrevendo, compondo ou apenas ouvindo, a música fez parte do seu processo para superar as dificuldades impostas pela pandemia?

A música foi com certeza uma ajuda enorme durante os últimos três anos, na pandemia. No começo, acho que todo mundo ficou em estado de choque, sem saber o que estava acontecendo. Muitas pessoas doentes e muitas morrendo. Embora a pandemia tenha sido uma desgraça para todo mundo, foi um bom momento para estar inspirado e para compor. Eu ouvi muita música que tem me inspirado ao longo dos anos e percebi que os tempos mudaram, mas as pessoas não. Nós com certeza temos o poder de superar.

Quais são algumas das melhores memórias desses últimos quase 30 anos? Tem algo que vocês não fizeram (ou não puderam fazer) durante esse período que realmente querem fazer no futuro? O que?

Uau, por onde eu começo. Sessões de gravação, de composição, jogar até de madrugada. Acho que as turnês foram o ponto alto. Quando estamos na estrada, estamos no nosso melhor. Não há sentimento melhor do que ser alimentado pela energia dos fãs. Estar em uma banda é como uma família disfuncional, e se você consegue passar pelos bons momentos e também pelos maus, existe algo a dizer. Eu pessoalmente adoraria tocar “The Odyssey” com uma orquestra.

Ainda falando sobre o futuro, quais são os planos? O último álbum de estúdio da banda foi o Underworld, de 2015. A banda tem planos de lançar um novo álbum?

Eu sei que já faz um tempo desde nosso último disco. A banda está planejando um novo lançamento em 2023. Acho que estamos ansiosos para começar, e eu sei que os fãs também estão.

Qual banda você acha que faria um cover legal de alguma das músicas do Symphony X?

Adoraria ouvir a Filarmônica de Londres fazer um cover de “The Odyssey”.

English version:

After two long years, you are finally back on the road. How you would describe this moment? Relieving, tiring… How does being back feel? 

It was great to be back on the road. Its like riding a bike. You never really lose your road chops. We had a great North American tour so far.  The fans were awesome and I think they exceeded our expectations.  Every show was great, even in markets we haven’t played in years.

Has music been of any help during these painful we have all been living? Writing, composing or just listening to it, did music take part in your process to overcome the difficulties imposed by the pandemic?

Music was absolutely a huge help during the past three years over the pandemic.  At first I think everyone was shell shocked, not knowing what was happening. So many people sick and so many dying. Even though the pandemic sucked for everyone, it was a good time for being inspired and for composing. I listened to so much music that has inspired me ove the years and realized that times have changed but people havent. We definately have the power to overcome.

What are some of the best memories from these last almost 30 years? Is there anything you did not (or could not) do during this period that you really want to in the future? What is it? 

Wow, where do I begin. Recording sessions, writting session, gaming until dawn.  I guess touring has been the highlight.  When we are on the road we are at our best.  There’s really no feeling like feeding on the fans energy. Being in a band is like a dysfunctional family, and if you can get through the good times as well as the bad, theres something to be said.  I  personnaly would love to perform The Odyssey with an orchestra.

Still about the future, what are your plans? The band’s last studio album was 2015’s Underworld. Is there any plans for the band to release a new album?

I know its been a while since we released a record.  The band is planning a new release in 2023. I think we are eager to get started, and I know the fans are too.

Which band do you think would make a cool cover of any of the Symphony X songs?

 Would love to hear the London Philharmonic cover The Odyssey

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s