Cantora trans apresenta musical ‘Valéria – NUA sou mais do que os seus olhos podem ver’ em Porto Alegre

Nenhum comentário

Música é a ferramenta adotada pela cantora Valéria para mostrar ao mundo toda sua diversidade. Artista, vocalista, trans, negra, gaúcha, ativista LGBTI+… todas essas figuras, e algumas outras, ajudam a compor aquela que sobe ao palco com o show Valéria — NUA sou mais do que os seus olhos podem ver. Valéria apresenta o espetáculo dia 5 de setembro, no Sub Club Cultural, às 20h. Em sua atuação, ela usa a voz para protestar, denunciar, empoderar e, claro, divertir.

É uma apresentação com um propósito para o além do divertimento. É um show que denuncia, que questiona, que empodera, que ironiza. Mostra uma Valéria multifacetada, uma mulher que é muitas.

Música-Protesto? Teremos.
Música-Denúncia? Teremos.
Música de Empoderamento? Teremos.
Música-Irônica? Teremos.
Música-Verdade? Teremos.

Valéria se reinventa a cada música, a cada show, por isso nunca é a mesma e nem um show é igual ao outro.

Sobre Valéria:

Nascida em Santo Angelo e desde cedo ligada à música, Valéria começou a cantar profissionalmente (na Banda Balança Brasil) aos 13 anos. Radicou-se em Porto Alegre em 2000 e, de lá pra cá, tem tido seu talento reconhecido com prêmios (venceu o Festival da Canção Francesa em 2012) e participações em shows importantes no país — como Zaz, Johnny Hooker e a abertura no Brasil da turnê Witness – The Tour, de Katy Perry. Recentemente, gravou uma participação na nova temporada do programa Amor & Sexo, da Rede Globo, com Fernanda Lima.

A cantora, que antes assinava como Valéria Houston, passou a adotar o nome artístico de apenas Valéria. A razão é para acompanhar as mudanças da nova fase de sua carreira, que assume espaços maiores no país e também no exterior, tendo ela já se apresentado na França e, com frequência, em Montevidéu.

A artista traz consigo o orgulho do passado e o olhar atento e focado nos próximos passos. Valéria acaba de lançar o single Esmalte Velho, uma canção animada, solar, tropical e que é a cara do nosso país (a faixa está disponível nas plataformas digitais). Na onda do melhor carimbó, a composição vem lá do Piauí pelas mãos de Patrícia Mellodi e Alexandre Rabello, composta por uma trans piauiense, Benício Bem. Negra, trans, gaúcha e cantando carimbó? Sim, pois em tempos de segregação o que Valéria e sua equipe mais querem é unir todos em uma única voz — a do empoderamento e do amor!

Participante ativa dos movimentos LGBTI+, leva com sua arte a mensagem em defesa dos direitos humanos e de igualdade de gênero por onde quer que passe!

SERVIÇO
Valéria – NUA sou mais do que os seus olhos podem ver
Data: 05 de setembro de 2018 (quarta)
Local: Sub Club Cultural
Endereço: Rua Joaquim Nabuco, 288 – Porto Alegre
Ingressos: entre R$ 20 e R$ 40
Venda online: minhaentrada.com.br/evento/valria-houston–10955

foto: Caroline Bicocchi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s