BMS se consolida como um dos maiores eventos de motociclismo do Brasil

Nenhum comentário

por Clovis Roman e Kenia Cordeiro

Em sua terceira edição, o BMS Motorcycle reuniu mais de 18 mil pessoas no imenso espaço da Usina 5 – antigo complexo industrial com mais de 60 mil m² – em Curitiba. Uma estrutura inacreditável foi montada, com stands de fabricantes, atrações, pistas com corridas e apresentações, globo da morte, wall of death e claro, música ao vivo. A ideia do BMS é sacramentar o motociclismo como conceito cultural. Missão cumprida com êxito.

Afinal de contas, como bem nos explicou uma das organizadoras do evento, Bruna Wladyka (da 302 Produções), o evento não é apenas voltado para o público já consumidor de motociclismo e de seu universo. Mas é sim algo que pode ser apreciado por pessoas que não tem essa relação tão próxima com esse mundo. E isso se comprovou com a grande quantidade de pessoas que compareceram com o propósito de conhecer mais sobre o tema. Muitas famílias estiveram por lá vendo motos e as mais diversas atrações.

Espaço Royal Enfield

A estrutura para atender todo esse público foi muito bem feita. Mapas ajudaram a galera a se localizar, e os espaços eram de fácil trânsito. Mesmo com grande concentração de pessoas não houve tumulto durante todo o dia que ficamos dentro da Usina 5. Além de motos e relacionados, haviam lojas diversas com seus stands, comercializando desde sapatos e roupas até discos antigos. Saímos com vários itens dentro da sacola.

Atrações em duas rodas
As principais marcas do segmento, como Harley Davidson, Ducati, Royal Enfield, Triumph, Honda e BMW tiveram espaço de exposição para aficionados no tema, potenciais clientes e curiosos em geral. Havia também um espaço específico para customizadores, que reuniu mais de 100 profissionais de todo Brasil e América do Sul, com produtos e acessórios do segmento.

Semifinal do Campeonato Brasileiro de Flat Track

Entre as atrações mais ‘radicais’, o Wall of Death foi o mais acirrado (lotou em todos os dias), o único Muro da Morte da América Latina, onde os pilotos realizam manobras especiais em um ângulo de 90º, ficando sujeitos a pressões que vão de 4g a 7g, superiores à sofrida pelos pilotos de caça. O Globo da Morte, outra opção de alta adrenalina, também teve bastante audiência em suas sessões. Houve também o Campeonato BMS de Velocross, em diversas cilindradas, que também agitou o público. Teve até uma corrida com uma galera fantasiada de personagens de desenhos e afins, muito legal.

Movimento Elas Pilotam
De acordo com comunicado oficial do evento, mais de cinco mil mulheres passaram pelo espaço exclusivo do Movimento Elas Pilotam. No sábado (17), houve um pré-encontro no Koffeine Café Outcast, no bairro Campina do Siqueira, e de lá, o grupo foi para o BMS. Lá, elas trocaram experiências, conversaram sobre a importância do apoio e da sororidade entre as mulheres em um segmento majoritariamente masculino, além de encorajar outras pilotas potenciais a se aventurarem neste universo. O local ainda contou com a presença de marcas exclusivas comandadas por mulheres, assim como um bar especial, flash tattoo para adultos e crianças (removível), entre outros. Durante o BMS, ainda foi lançado o 1º evento duas rodas exclusivo para mulheres do Brasil.

Movimento Elas Pilotam

O BMS Motorcycle é um evento completo, super bem estruturado e convidativo para profissionais da área, entusiastas e até os mais desavisados. As opções de bar e banheiros foram ótimas, sem muitas filas ou demora. A parte gastronômica também foi o destaque, com lanches e refeições de qualidade a preços convidativos. E ainda houve música de qualidade, com grupos como Monoclub, O Bardo e o Banjo e O Lendário Chucrobillyman. Sem contar as opções de barbearia e até mesmo churrasco

O atendimento a imprensa também foi exemplar, com espaço especial para os profissionais fazerem suas lives, gravações ou descarregar suas fotos. O espaço aconchegante e com wifi disponível foi uma das inúmeras mostras de que a organização do BMS Motorcycle é esmerada e profissional. Cada detalhe muito bem pensado e efetivo. Irretocável. É muita coisa legal para contar. O melhor de tudo é comparecer na edição de 2020 e ter a experiência completa do que é o BMS Motorcycle. O evento contou com o patrocínio da Gedore, TEXX, Mobil, Jack Daniel’s e Orpec; a cerveja oficial foi a Heineken.

Fotos: Atomus Agência

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s