Darchitect: banda revela conceitos e segredos das músicas do EP “Blasphemus”

Nenhum comentário

O EP “Blasphemus” vem se destacado pela ótima qualidade, mas muitos fãs se mostram curiosos a respeito da mensagem que suas músicas passam. Pensando nisso, o baterista do Darchitect, Gabriel Gifoli, resolveu revelar os conceitos e segredos que estão por trás das músicas do EP. Segundo o músico:

“O EP Blasphemus é um ponto de virada na nossa carreira, ou ao menos é assim que enxergamos. As letras, como sempre, quisemos que tratassem ao mesmo tempo de algo universal, mas também de sentimentos pessoais que são difíceis de exprimir fora de uma poesia – isso é particularmente notável na faixa-título, aliás.

Liricamente falando, a música “Blasphemus” é um trabalho cujo conceito nasceu de um sentimento de profundo asco perante tantas coisas que vemos no mundo de hoje e que se tornaram perigosamente banais: mentiras, promessas de ganho fácil, desrespeito ao próximo e tantas outras atitudes que destroem o mundo e corrompem a sociedade pouco a pouco – uma sociedade que, no mundo inteiro, parece doente de ódio.

A letra é cantada em tom acusatório, vide o refrão, “I accuse you”, e é um ótimo exemplo de como a música nos permite gritar algo que muitas vezes acaba entalado na garganta quando não há meios de exprimir corretamente o sentimento. Ao mesmo tempo, existem momentos de calmarias, que representam o momento de reflexão perante o ódio tão disseminado.

Em termos de música, aliás, a harmonia e a melodia se encaixam bem nessa tempestade de sentimentos. A direção musical que tomamos em “Blasphemus” foi uma experiência com nuances limpas, fórmulas de compasso composto e som ambiente misturados ao som que, consideramos, já faz parte da nossa identidade musical, que é baseada no metal extremo.

No lado B, “Quando a Chama Inflar” adicionamos um som mais rock’n’roll e com backing vocals limpos e melódicos no som, experimentando coisas as quais ainda não havíamos tentado inserir no nosso som.

A letra de “Quando a Chama Inflar” é bem mais antiga, aliás, mas também segue essa mesma linha de raciocínio: o legado que a loucura deixa na mente perturbada.

Ali tem algo sobre as paranoias que todos sentimos, mesmo quando optamos por escondê-las, e sobre como é fácil deixar a vida passar de maneira passiva se não nos atentarmos – tudo isso dentro de um tema de fantasia talvez, que abre margem à interpretação pessoal de cada um, algo que sempre gostamos de fazer.

Musical e tematicamente falando, Blasphemus serve ao mesmo tempo de pedra fundamental de uma nova fase, mas também peça de transição para o novo álbum que está vindo por aí, que vai tratar de temas mais filosóficos e íntimos, ambientado com uma música que não terá medo de experimentar com coisas diferentes.”

O EP “Blasphemus” se encontra disponível para audição nas principais plataformas de streaming. Confira:

Para saber de todas as novidades do Darchitect, acompanhe as redes sociais da banda.

Formação
Lucas Coca: Vocal/Baixo
Alex Marras: Guitarra
Gabriel Gifoli: Bateria

Mais informações
Site: www.darchitect.com.br
Facebook: https://web.facebook.com/darchitectofficial/
Instagram: https://www.instagram.com/darchitectofficial/

Foto: Assessoria/Divulgação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s