Dead or a Lie lança videoclipe de “Leave No Trace”

Nenhum comentário

[press-release]

“Leave no Trace”. Esta foi a faixa escolhida pela Dead or a Lie para ser o segundo clipe oficial do disco Monster, quinto e elogiado álbum da banda paulista de stoner/hard. Além dela, a faixa título também tem registro em vídeo.

O material apresenta imagens aleatórias, feitas durante a gravação do disco, realizada em Araraquara/SP, no estúdio Sunrise Music, do produtor Ali Jr, atual baixista do CPM 22.

Ultimamente, mais do que nunca, o jargão ‘menos é mais’ ganha cada vez mais força. Esses takes estavam no meu celular e, a partir de alguns filtros e edições, cheguei a um resultado bacana”, comenta Matheus Vieira, baixista e guitarrista da Dead or A Lie, responsável por todo o processo do clipe.

Sobre a escolha de “Leave No Trace”, Vieira comenta: “Em praticamente todas as resenhas, os críticos apontavam esse som como o mais comercial do disco. Eu, realmente, concordo. O refrão dele é ótimo. Logo, juntei a minha opinião a deles e dei vida ao projeto”.

A música representa o capítulo ‘Suplício’. Vale lembrar que o álbum é conceitual, contando uma história estimulante de um ser humano contra ele mesmo. Um uivo sustentado, destilado sob metáforas da vida, cuja existência pertence a todos os seres humanos.

Repercussão
Desde o seu lançamento em fevereiro de 2020, Monster é alvo de excelentes críticas no Brasil e fora dele. Por exemplo, o site Metal Junk Box, de Portugal, comentou que o “álbum é bastante denso, coeso, muitas vezes contemplativo, tudo feito com muita competência pelos músicos, um trio formado por Matheus Vieira (guitarra e baixo), Carlos Oliveira (guitarra) e Wiliam Albino (bateria e voz)”.

Aqui no Brasil, entre diversos outros sites, a banda foi destaque na edição 254 da revista Roadie Crew, com uma entrevista a cargo de Tony Monteiro, além da resenha do álbum, adjetivado pelo jornalista Ricardo Batalha como “um trabalho primoroso que vai agradar fãs dos estilos doom, stoner e sludge”.

Com 11 anos de vida, Monster é o primeiro disco do trio com o nome Dead or A Lie. Os anteriores foram lançados como Dead or Alive. São eles: On The Road WIth The Young Guns (2012), Walk On Home, Boy (2013), Last Man Standing (2014) e Unholiness (2016). “Lançar um disco de inéditas a cada dois anos é um marco louvável para uma banda de Araraquara”, finaliza Carlos Oliveira.

Para mais informações, acesso às críticas e links para audição, acesse o facebook: @deadoralieSP

Foto: Ali Jr.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s