Casinha: Espaço cultural underground fecha as portas

Nenhum comentário

por Clovis Roman

Levei uns dias para processar a notícia. Em um momento no qual shows estão começando a voltar e que a esperança do retorno à normalidade é maior, um dos espaços underground mais importante de Curitiba fecha as portas: a Casinha. Localizada no coração da cidade, próximo ao Blood Rock Bar, a Casinha virou referência do underground mais underground, recebendo shows de centenas de bandas em suas dependências, muitas de estilos como grindcore, hardcore e similares, sempre com preços módicos e cerveja barata, um oásis criativo no deserto cultural que assola Curitiba.

Fundada em 2017, o local recebeu inúmeros grupos, inclusive atrações internacionais. Foi uma alternativa para bandas de pequeno porte mostrarem seu trabalho e sua mensagem. Eu mesmo organizei alguns eventos lá, todos divertidos e inesquecíveis. Em post no Instagram, os responsáveis pelo espaço explicaram o que levou ao fim das atividades da Casinha: “Na boca do gol e prestes a vencer, fomos vencidos pela especulação imobiliária, nos convidaram a sair […]. É com tristeza que viemos contar esta notícia pra vocês, queridos amigos. Quase ao fim da caminhada (sic) desse grande mistério da pandemia, quase ao retorno da bagunça organizada aqui da Casinha, precisaremos nos dividir e dar um tempo“.

Cassandra ao vivo na Casinha, 2018 (foto: Clovis Roman)

A nota também agradece o apoio do público nestes anos de atividade de valor inestimável para a cultura local: “Obrigado a todas as 120 mil bandas que tocaram aqui ao longo desses anos, obrigado a todos os artistas, obrigado pelas amizades construídas, pelas trocas, pela grande diversidade de pessoas que passaram por aqui, pelas rifas, pelas camisetas, obrigado vizinhos que nunca chamaram a polícia, obrigado cachorrinhos, vocês fazem parte de tudo isso. Nos veremos em lugares pequenos, nas bancas de zine, nos shows muito quentes, nas festas no quintal de alguém. Que esse sentimento de fazer e ser seu próprio espaço de lazer, cultura e expressão continuem em nós e que ninguém perca o fio da juventude. Paz entre nós, guerra aos senhores!“.

CrotchRot na Casinha, durante do Dalborga Fest, em 2019 (foto: Clovis Roman).

Fotos: Clovis Roman

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s