Em novo clipe, Venuz fala dos sete pecados capitais pela ótica feminina

A rock girl power band Venuz, neste novo videoclipe, traz de forma subjetiva a entrega da mulher aos prazeres da vida, uma aliteração aos sete pecados capitais – que podem consumi-las até a ruína.

Nenhum comentário
Cena do clipe de Seven, lançado nesta sexta-feira (17)

A rock girl power band VENUZ, do Rio de Janeiro, lança nesta sexta-feira (17) o videoclipe de ‘Seven’, música do II Ato do disco HEL. O audiovisual traz, de forma subjetiva, a entrega da mulher aos prazeres da vida, uma aliteração aos sete pecados capitais, que podem consumi-las até a ruína.

Assista aqui: https://www.youtube.com/watch?v=-A-_jOVq0Oo.

Como curiosidade, a história da música faz referência a um experiência da vocalista Aila Dap.

“Aila, tinha uma paixão por um cara de outro estado. Quando ela foi visitá-lo ele a levou em um hotel. Chegando lá era um hotel religioso com um crucifixo em cima da cama e uma Bíblia do lado. Toda essa situação a fez questionar sobre o prazer, o pecado e as decisões tomadas. Com isso surgiu Seven”, conta a guitarrista Renata Vianna.

Com direção de Bruna Santiago e Eduardo Hypolito, Seven é a aposta de uma sonoridade um pouco diferente do que a Venuz costuma apresentar, com letra em inglês e nuances da música eletrônica.

E essa não é a única novidade. Esse é o primeiro clipe com a participação de Natália Melo, a nova baterista da banda.

“Seven vem com um videoclipe, em uma atmosfera completamente nova tanto para nós, quanto para vocês. E chega em um momento de várias mudanças em nossas vidas, e como a música é a externalização de nossas almas, vivências e sentimentos, deixo vocês com esse gostinho de suspense e curiosidade pra matar dia 17. Por isso, os fãs podem esperar um videoclipe intenso, obscuro e forte, na mesma linha que sempre tivemos”, declara Renata.

HEL

Em 2021 a Venuz entrou em sua nova era com o álbum HEL, após o hiato de um ano, quando a banda passou por reformulação. Hoje é composta por Aila Dap no vocal, Renata Vianna na guitarra, Carol Guterres no baixo e Natália Melo na bateria.

Renata pontua que devido a crise sanitária do novo coronavírus, a banda se permitiu inovar.

“Passamos por uma pandemia, incertezas, troca de integrantes, isolamento, falta de shows e da presença física do público, entre muitas coisas. E por consequência disso tudo, em cada música de HEL lançada até agora, nós testamos algo novo. Desde teclado a instrumento de percussão romeno”.

Musicalmente mais maduras, as integrantes voltam com um material autoral e bem diferente do primeiro EP, e com novos componentes musicais como teclado e elementos eletrônicos. Para a nova versão, a Venuz contou com a ajuda do produtor musical Francisco Patrício, responsável pelo mix e arranjos das músicas. O disco é subdividido em três atos, cada um com três músicas.

“Em Hel nós voltamos com uma pegada mais mística, explorando bastante diversas mitologias. No clipe decidimos incorporar a ideia das normas da mitologia nórdica, que tem o seu paralelo nas parcas da mitologia grega, que são as deusas que tecem o destino. No clipe, Re, Carol e Nat assumem esses papéis, enquanto eu, Aila, encarno Lilith, a deusa-demônio símbolo da independência sexual feminina que também dá nome ao primeiro single do Ato II de Hel”, diz a vocalista Aila Dap.

“Vale lembrar que cada ato tem uma temática que é abordada nas três faixas que o compõem. O primeiro ato foi referente ao destino e agora estamos no ato do Desejo, então optamos por deixar o clipe com uma pegada mais sensual e até brincando um pouco com essas simbologias de fetiche”, completa Aila.

Mais novidades da Venuz em https://www.instagram.com/bandavenuz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s