[Cobertura] Edu Falaschi celebra Angra com casa lotada em Curitiba

Nenhum comentário

Edu Falaschi – Rebirth of Shadows Tour
Hermes Bar
Curitiba/PR
19 de janeiro de 2018

por Clovis Roman e Kenia Cordeiro

A música é capaz de unir pessoas. O caráter nostálgico da Rebirth of Shadows Tour acabou por estreitar amizades antigas, separadas naturalmente pelo dia-a-dia. Não raro foi encontrar amigos de longa data que também há longa data não se viam. Um público jovem, que nunca viu o Angra com Edu Falaschi nos vocais, e fãs ‘das antigas’, estavam frente a um material que provou ter passado no teste do tempo. Obras cuja questão temporal é irrelevante. A jovem Flora, 14 anos, foi levada ao show por sua mãe, neste que foi seu primeiro show. A música unido gerações é a prova da perenidade de um trabalho.

Edu Falaschi – Rebirth of Shadows (foto: Clovis Roman)

A proposta de Edu Falaschi e companhia é relembrar uma época especial da banda Angra, principalmente dos álbuns Rebirth (2001) e Temple of Shadows (2004), os de maior sucesso com Edu na linha de frente. Junto a ele, também da época de Angra, estão o baterista Aquiles Priester e o tecladista Fábio Laguna. Completam o time o discreto (mas preciso) baixista Raphael Dafras, e os exímios guitarristas Diogo Mafra e Roberto Barros. Tendo isto em vista, o sexteto tratou de selecionar um ‘best of’ do referido conjunto, num repertório enxuto que não dispersou a atenção da galera em momento algum.

Raphael Dafras e Roberto Barros – Rebirth of Shadows (foto: Clovis Roman)

A urgência melódica metaleira de “Nova Era” se mostrou ainda muito efetiva, e foi uma abertura catártica. A introdução imponente de “Acid Rain”, em coro, teve como adendo a voz da galera, que aos urros, berrava as frases em latim “Miserebus Sanctus, Precatoribus Ominmus Miserebus Sanctus, Omine Deo Sabbaoth (Do-mi-ne)“; alguns mesmo sem saber exatamente as palavras certas. Uma sequência mais calma veio com as baladinhas “Wishing Well” e “Heroes of Sand”. Entre elas, a espetacular “Late Redemption”, com seus versos em português cantados em uníssono. Sua versão original de estúdio conta com a participação especial do monstro Milton Nascimento – a platéia tratou de fazer sua parte ao vivo. A virtuosa “Angels and Demons” e a extensa “Running Alone” também se destacaram na primeira parte do show.

Rebirth of Shadows Tour (foto: Clovis Roman)

A densa “Millenium Sun” brilhou, abrindo caminho para a épica (assim definida pelo próprio Edu) “The Shadow Hunter”. Nesta quem se destacou foi o próprio cantor, que a interpretou de maneira firme e mandou, no final, um agudo potente, que teve imediata reação efusiva do público. Se até então o cantor estava segurando a voz, possível estafa de uma agenda apertada, ali foi seu momento de libertação. O repertório apresentado foi menor que em outras cidades, o que fez com que pérolas como “Bleeding Heart”, “Arising Thunder” e “Live and Learn” ficassem de fora.

Fábio Laguna – Rebirth of Shadows (foto: Clovis Roman)

Lá pro final rolou uma conversa sem fim de Edu e Aquiles com a galera, que durou cerca de dez minutos. Mesmo assim a galera curtiu. O final veio com a belíssima “Rebirth” e o fim definitivo foi marcado por “Spread Your Fire”, que não é a música mais forte para um encerramento. Caberia, no lugar dela, uma música mais clássica e impactante daquela época. A canção, obviamente boa, se encaixaria melhor lá no meio do set.

Lotar um show em Curitiba, cidade conhecida por ter públicos escassos, é uma boa mostra de que a turnê foi um sucesso. Os fãs querem ouvir este material, e a banda, caso considere a demanda dos fãs, deve seguir na ativa.

REPERTÓRIO
Nova Era
Acid Rain
Eyes of Christ
Running Alone
Wishing Well
Angels and Demons
Heroes of Sand
Late Redemption
Unholy Wars
Millennium Sun
The Shadow Hunter
The Temple of Hate
Rebirth
Spread Your Fire

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s