[Entrevista] SOTO faz nova turnê no Brasil como atração principal

Nenhum comentário

A produtora Free Pass Entretenimento é a responsável pelo retorno da banda SOTO pelo Brasil. Tendo a frente o cantor Jeff Scott Soto, o grupo conta também com os brasileiros BJ (guitarra e teclados) e Edu Cominato (bateria), Jorge Salan (guitarra) e Tony Dickinson (baixo). O grupo, agora como atração principal – vieram em 2016 abrindo para o The Winery Dogs – promoverá  seu novo álbum Origami, que sai só em maio. Mas os fãs poderão conferir em primeira mão sons desse trabalho no Brasil. Isso e muito mais nos é falado por BJ, em entrevista exclusiva para o Acesso Music.

O vocalista Jeff Scott Soto tem um vasto currículo, tendo gravado com inúmeros grupos e artistas. Entre suas participações mais lembradas estão suas passagens por Yngwie Malmsteen, Axel Rudi Pell, Talisman e Journey. Atualmente ele também canta no supergrupo Sons of Apollo e no gigantesco Trans-Siberian Orchestra. Os shows da banda acontecem em Florianópolis (01/05), Brasília (03/05), Rio de Janeiro (04/05) e São Paulo (05/05). Confira o serviço do show na capital paulista ao final da entrevista.

por Clovis Roman

O SOTO estreou no Brasil em 2016, vindo como número de abertura para o The Winery Dogs. Você acha que essa turnê ajudou a solidificar o nome da banda aqui, já que agora vocês estão retornando como atração principal dessa vez?
É sempre muito importante estar entre os grandes nomes, inclusive porque temos um grande nome sendo nosso vocalista [risos]. Acho que dá muita credibilidade sim, ser convidado pra tocar com esses monstros da música mundial. Com certeza solidificamos ainda mais o SOTO na América do Sul depois dessa tour.

O terceiro disco da banda, Origami, está previsto para sair em Maio. Quais pontos você pode apontar de mudanças entre ele e os trabalhos anteriores?
Acho que cada um deles tem sua particularidade: Inside the Vertigo foi o começo, e estávamos descobrindo como seria essa nova fase como banda. Tivemos muitas participações e foi maravilhoso. Em Divak já estávamos mais convictos em algumas sonoridades, e acho que é um grande álbum, com riffs muito fortes e melodias vocais modernas e fortes. Evoluímos como banda nesse álbum tanto nas composições como nas gravações. “Origami” vai surpreender muita gente! Acho que é nosso melhor trabalho até aqui. Adoro as novas músicas, e temos uma variedade muito grande de estilos, mas com muita personalidade e musicalidade. Estamos nos solidificando e conquistando uma identidade nas composições. Aquele som que você ouve na rádio e não sabe o que é, mas pela sonoridade você diz: “Essa é a nova do SOTO”! Acho que com esse álbum estamos conquistando isso. Está demais, incrível!

Qual a inspiração para o título Origami? Há uma linha de pensamento que une as letras do álbum ou são concepções avulsas?
O nome foi escolhido porque é muito forte, e é também o nome de uma das músicas. Achamos que seria o nome perfeito inclusive para algumas ideias de marketing que estamos seguindo, e mesmo porque gostamos de nomes mais ‘internacionais’. O nome Divak, do nosso segundo álbum, quer dizer “selvagem” em búlgaro.

Como será preparado o repertório dos shows no Brasil? Haverá muitas músicas de outros trabalhos de Jeff, ou quem sabe até mesmo algo do Tempestt?
Teremos músicas dos dois primeiros álbuns e inclusive algumas do novo, mesmo antes de ser lançado. Os fãs poderão ter contato com as músicas novas nos shows. E sim, sempre tocamos músicas dos outros trabalhos do Jeff, ele tem uma história incrível no Rock/Metal mundial, não podemos deixar de tocar seus “hits”. E Tempestt só se pedirem muito [risos].

Já pensaram em tocar o novo álbum na íntegra?
Dessa vez será como disse na outra resposta, teremos músicas dos três álbuns do SOTO, e claro, músicas da carreira do Jeff. Ainda não pensamos sobre tocar esse álbum na íntegra. quem sabe? [risos]

Falando em apresentações ao vivo, agora com três álbuns e sendo uma banda consolidada, já pensaram em gravar algum show para um lançamento ao vivo?
Sim, isso está nos planos sim. Já temos algumas gravações ao vivo, de quando tocamos no Progpower em 2015, e com certeza iremos fazer isso em breve.

BJ, sua relação com Jeff é antiga. É desde a época que ele gravou uma música com sua antiga banda, o Tempestt? Ou vocês já se conheciam antes disso?
Conheci o Jeff em 2002 quando o Tempestt foi sua banda de apoio aqui no Brasil, depois disso, ficamos muito próximos. O que aconteceu depois foi muito natural, ele adora o Tempestt, e essa relação de admiração musical e amizade só cresceu. Ele me convidou pra entrar na sua banda solo em 2009, e em 2015 formamos o SOTO. Toco com ele também na sua lendária banda sueca Talisman. É uma honra pra mim trabalhar com ele em todos esses projetos.

Essa é uma pergunta que faço para todos meus entrevistados: qual banda você acha que gravaria uma cover bacana de alguma das músicas do SOTO?
Sons of Apollo seria muito óbvio? [risos] Mas penso que o Shinedown seria incrível em alguma música do SOTO. Muito obrigado.


SERVIÇO
SOTO na Origami World Tour 2019
Data: 05 de Maio de 2019 (domingo)
Local: Carioca Club
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2.899 – Pinheiros
Horário: 20h (a casa abre 2h antes)
Classificação etária: 16 anos (menores apenas com um dos pais ou responsável legal, com documento original com foto)
Ingressos: a partir de R$ 80
Venda online:  www.clubedoingresso.com/evento/soto
Pontos de venda: www.clubedoingresso.com/ondecomprar
Informações: (11) 3813-8598 / 3813-4524 / 3814-5711

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s