Trilha Sonora, imersão e um pouco mais das “Musiquinhas de vídeo game, filme e os cambau”

2 comentários

por Julian Dedablio

Antes mesmo de serviços de streaming como Spotify e Deezer, ouvimos muito sobre as “trilhas sonoras pessoais”, ou seja, aquela playlist perfeita e escolhida a dedo para um determinado fim, seja limpar a casa, se exercitar, dormir ou para fins mais íntimos. Inclusive, essas faixas também servem para definir um estado psicológico momentâneo, nostálgico ou, até mesmo, potencializam o bem contar de uma história. Games, filmes, e similares, fazem tão bem esse papel quanto nós mesmos ao selecionar a dedo desde músicas específicas até a gama inteira do trabalho de um músico para auxilio no storytelling, ou para fazer o expectador lembrar de uma cena específica com um simples assoviar do som tocado.

John Williams, Hans Zimmer, Alan Silvestri e James Horner, são só alguns nomes que aparecem para aquele apreciador musical que procura uma espécie de “sinestesia” fora do seu ambiente como expectador visual. Tais músicas, quando bem encaixadas em determinados momentos dos filmes, ajudam na ambientação, na compreensão mental e sensorial e na experiência da apreciação de determinada cena ou mensagem. Isso faz com que a imersão se torne completa e a experiência se torne cada vez mais agradável. Alguns filmes conseguem, inclusive, fazer uma belíssima assinatura mental só com algumas faixas amplamente conhecidas… Garanto que você conhece uma pessoa que nunca viu Star Wars, mas já cantarolou a marcha imperial, não é?

Star wars – The Imperial March, por John Williams

Avengers Theme, por Alan Silvestri

O mesmo pode se dizer dos games, e aqui o papel da música e do som ambiente tem uma significância tão apurada quanto à do cinema. Uma vez que você está no comando do(s) personagem (ns), o papel de um bom artista musical para auxiliar numa experiência completa por parte do expectador/jogador é fundamental, e a sensibilidade artística aqui se torna ferramenta de um trabalho minucioso. Nomes como Koji Kondo, Martin O’Donell, Yoko Shimomura, Nobuo Uematsu, entre tantos outros, aparecem em boa parte das playlists daqueles nerds que querem tornar uma lavada de louça mais épica…ou apenas para aquele apreciador de uma boa trilha sonora imersiva. A gama é gigantesca.

Gerudo Valley (The Legend of Zelda – Ocarina of Time), por Koji Kondo

Halo theme, por Martin O’Donell

Sob a ótica de um apaixonado por soundtracks, trarei, aqui no Acesso Music, algumas listas, análises, reviews, dentre outras matérias sobre as “musiquinhas de vídeo game, de filmes, de séries” que podem fazer parte da sua playlist e, quem sabe, manter você dentro de um outro universo, sem segurar o joystick, o controle remoto ou o mouse. Covers, orquestras, remixes…a variedade é grande. Separei abaixo algumas músicas da era 16 bit que me fizeram apreciar esse tipo de som e, também(porque não?), me abriram portas pra conhecer outros estilos musicais, bandas e similares. Pause and enjoy!

Megaman X2 – First Stage, por Yuki Iwai

Mega Man X – Storm Eagle (No Console Limitations). Remix pelo canal MyNewSoundTrack

Street fighter II – Ken Theme, por Yoko Shimomura e Isao Abe

Menção honrosa para o remix dessa música, tocada no Street Fighter V

Killer Instinct theme, por Robin Beanland

Aquatic Ambience (Donkey Kong Country), por David Wise

Capa: Julian Dedablio

2 comentários em “Trilha Sonora, imersão e um pouco mais das “Musiquinhas de vídeo game, filme e os cambau””

  1. Caraca… Muito legal pensar nesse assunto. Seja pela qualidade sonora ou pela nostalgia mesmo, algumas músicas realmente influenciam em muito no nosso humor. Principalmente para lavar pilhas de louças épicas hahahaha…

    P.S.: Bela foto de capa!

    Curtir

    1. Sim sim! A música (pra quem gosta, claro) é um bom medidor de humor e os climas gerados nessas mídias não são diferentes e sim, podem ser versáteis (lavar a louça com a música do ken é outra experiência hahahah)

      E sobre a foto, MUITO obrigado 🥰💙

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s