Músicas do SNES para “Relaxar” #1

um comentário

por Julian Dedablio

Após aquele trânsito caótico do horário de pico, a qual você aprende, a cada semana, um xingamento novo, tudo o que você quer é de um momento relax, pois você já passou por sua “aventura pesada”. Nos games não é muito diferente e, em momentos estratégicos, existe aquele som que você larga o controle, fecha o olho e quase dorme… ou pelo menos dá aquele sorrisinho para a tela, pela musiquinha simpática, que lhe tira do corpo aquele demônio responsável pela tensão nas suas costas. Abaixo, listei 5 pra você acender um incenso e curtir. Não está em ordem de melhor ou pior, nem algo parecido… então coloque os fones de ouvido e relaxe.

Ardy Lightfoot – Island of ruins, por Akiko Hashimoto Katsuhiro Hatano:

Despretensioso, divertido e com músicas bem características, uma das faixas que pode dar aquele momento “largar o controle e apreciar” é quando Ardy, o protagonista, chega até a ilha das ruínas. Além da música ser bem relaxante, a fase é bem bonita, com um entardecer e anoitecer graduais de encher os olhos e que combinam com o som. A boa pedida do momento “quero esquecer desse dia e só jogar um pouquinho”.

Donkey Kong Country 3 – Cascade Capers, por Eveline Novakovic

Se não tiver DK3 aqui na lista, a chefia me mata! Então tá aí!

Brincadeiras a parte, as fases de cachoeira de DK3 são bem caprichadas e, como é de se esperar, a trilha que acompanha essas fases comunicam bem o que aquele cenário traz. Uma música relaxante para um ambiente tão relaxante quanto. Pena que algumas fases não são tão tranquilas assim…

Chrono Trigger – Secret of the Forest, por Yasunori Mitsuda

(Pode haver diferenças de nomenclatura, como “Mystery of the forest” ou “Secret of the Dense Woods”)

Posso dizer, com toda segurança, que esse jogo é um dos melhores já criados. Sua trilha é igualmente incrível.

Em um dos primeiros momentos do game, nos deparamos com o labirinto que é a Floresta Guardia, a qual precisa acessa-la para chegar até o castelo, de mesmo nome. Porém, a vontade de largar o controle para dar uma pausa, até mesmo para os personagens, só pra apreciar o som, é grande.

Terranigma – Ending. Por Miyoko Takaoka e Masanori Hikichi

Como se não bastasse o jogo ser maravilhoso, desde storytelling, até gameplay, somos agraciados com uma trilha sonora composta com muito esmero. A recompensa por terminar esse game é, além de um final épico, uma música tão linda e cheia de sentimentos e calmaria que é como se o game te dissesse “pode largar o controle e apreciar esse final”

Donkey Kong Country 2 – Stickerbrush Symphony, por David Wise

Existem jogos muito bons por aí, e jogos impecáveis… DK2 está no dos impecáveis, e a sua trilha é tão marcante, em tantos sentidos, que merece uma lista só pra ele (e a internet não me deixa mentir com as toneladas de remixes, só desse game).

Não poderia não encerrar essa lista com uma daquelas que, sem perceber, deixa o controle parado na sua mão e solta um “pera só um pouquinho” só pra curtir a música.

Ainda teremos MUUUITAS relaxing music do SNES! Me aguardem!

1 comentário em “Músicas do SNES para “Relaxar” #1”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s