[World Premiere] Roberto Hendrigo solta single com Edu Ardanuy; ouça “Mapa”

um comentário

por Clovis Roman

O Brasil é um celeiro de grandes guitarristas, daqueles que unem técnica com feeling. E Roberto Hendrigo, hoje residente no Canadá, é um desses nomes. Atuante na cena metal de Curitiba por décadas, integrou bandas como Eterial, All Eternity (com a qual gravou um EP, The Time Is Near) e Semblant (onde gravou o disco de estreia da banda, Last Night of Mortality).

Com um leque musical mais amplo atualmente, sem esquecer de suas raízes, Hendrigo começa as divulgações de seu próximo registro solo, Oráculo, com uma world premiere especial para os brasileiros: Com exclusividade no Acesso Music, você pode conferir o single “Mapa”, em que Roberto Hendrigo tem como convidado especial o grande Edu Ardanuy. Confira o novíssimo single enquanto lê o resto da matéria abaixo:

O guitarrista explica as principais diferenças e evoluções em Oráculo – cujo processo de composição tomou forma devido ao começo da pandemia, no começo de 2020 -, em comparação com os discos anteriores, Sons e Enjoy: “Cada álbum representa uma época da minha vida, e também nesta mudança estão inclusas dificuldades e alegrias de cada período, orçamento e ferramentas disponíveis“, explica. “No álbum Oráculo eu consigo dizer que sou a minha melhor versão musical até agora (já que amanhã é outra história). Maturidade, experiência, sabedoria musical aprimorada e equipamentos muito melhores (o que faz uma diferença considerável). Além disso, neste álbum fui afortunado de ter trabalhado com o Dudu Kuritza como baterista, engenheiro e produtor de áudio. Cada detalhe foi aprimorado e refletido até que a emoção desejada encontrasse sua forma correta de expressão“, prossegue.

O período de pandemia também serviu para que o artista enveredasse por outras atividades: Realizei “YouTube Collabs com pessoal de todos os cantos: Itália, Trinidad e Tobago, Portugal, Peru, México entre outros, gravação do álbum com a banda Jericho, gravação do single com a banda Kepher e preparação de repertório para uma banda de eventos corporativos. E outro fator super importante: como nunca tive muito tempo disponível, sempre foi difícil ter uma rotina de auto aprimoramento na guitarra“, conta.

E a participação de Edu Ardanuy no primeiro single, “Mapa”, coroa uma parceria de ambos, mesmo que involuntária, afinal, Ardanuy é uma das principais influências de Hendrigo desde sempre. O curitibano acompanhou video aulas, workshops e shows do guitarrista até que, anos mais tarde começou a ter aulas com Edu: “Mesmo sendo professor há mais de 16 anos, sempre que posso invisto na sabedoria musical, então comecei recentemente a fazer aulas com o meu “guru” guitarrístico. Quando comecei a ter as minhas “sessões espirituais” com o Edu, eu tinha esta música “Mapa” já composta, mas somente a estrutura e algumas melodias. Começamos a conversar sobre o arranjo dela e possibilidades e ouvi um sussurro etéreo de convidar ele pra participar e pah: o Mestre dos Magos Guitarrísticos tá aí dando um show de musicalidade nesta música“, conta.

Como influências musicais, Hendrigo fala daqueles que alicerçaram sua base musical e também daqueles que ele anda escutando com mais regularidade atualmente: “Não posso deixar de mencionar alguns nomes que me influenciaram/influenciam sempre: Jason Becker, Jeff Loomis, David Gilmour, Jimmy Page, Mozart Mello e lógico, Edu Ardanuy. Acredito que música são reflexos de emoções, logo, não sinto a mesma coisa o tempo todo, por isso, ultimamente ando ouvindo bastante Eric Gales, Guthrie Govan, Greg Howe, Cattle Decapitation, Napalm Death, Conquering Dystopia e Sepultura“, revela, mostrando ecletismo.

O músico brasileiro mostra que, além das músicas e do conhecimento técnico, uma assessoria de imprensa dedicada tem efeitos extremamente positivos na carreira de um músico: “Fui afortunado por ter sido ‘adotado’ pela Francesca Sacerdoti, que me conduz sempre através de uma sinceridade cruel às vezes [risos], no cronograma de entrevistas e contatos. Além da honra de estar aqui com o Acesso Music, tive o prazer de ser convidado para mais entrevistas em rádios aqui de Montreal e, assim que as coisas estiverem mais seguras para todos nós desfrutarmos juntos da energia de um show ao vivo, pretendo fazer uma série de workshops com este álbum“.

Mudança de território
O músico começou e alicerçou sua carreira em Curitiba, porém, há alguns anos reside no Canadá. Ele explica as facilidades de estar em um país de primeiro mundo para um artista: “Aqui as coisas são mais acessíveis. Instrumentos, equipamentos, estúdios e acesso aos artistas ‘internacionais’, que aqui são ‘nacionais’. Também sinto que as pessoas são mais abertas ao novo e, se o novo for do seu país, eles tendem a se orgulhar, compartilhar, divulgar (mesmo que tenham me conhecido há pouco tempo). Há um orgulho do regional, e este orgulho se manifesta em festivais onde todos tem espaço. Pré-pandemia, era só caminhar no verão na Saint Catherine Avenue para ver palcos sendo montados para inúmeros eventos, sem motivo particular”, relata. Entretanto, há momentos em que o Brasil ganha: “Sinto falta do calor humano, do público gritando no meio da música e de como somos passionais, em sentido extremamente amplo“.

A mudança para outro continente, com uma realidade bastante diferente, entretanto, não foi motivada pela carreira musical: “Eu e a Dani, minha esposa, vimos uma porta de oportunidade para galgar uma qualidade de vida melhor com mais possibilidades e agarramos. Mal chegando no Canadá já tive a chance de fazer um show sensacional com uma banda local ao lado de outros 7 excelentes músicos. Atualmente, além do meu álbum, estou finalizando o primeiro single com a banda Kepher, e também estou gravando um CD com a banda de Power Metal Jericho, ambos daqui de Montréal“.

O álbum Oráculo estará disponível nas principais plataformas de streaming, assim como o “official audio” vídeo no YouTube, produzido pela The Last Batten Productions. O trabalho completo será disponibilizado em março, e os videoclipes serão publicados no YouTube nos meses subsequentes.

Foto: Divulgação

1 comentário em “[World Premiere] Roberto Hendrigo solta single com Edu Ardanuy; ouça “Mapa””

Deixe uma resposta para Delmiro m. Pichel Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s