Edguy: Disponível Tinnitus Sanctus em versão dupla

Nenhum comentário

[press-release]

O Edguy começou em 1992 como outras bandas começaram: amigos com gostos musicais semelhantes, neste caso Metal Tradicional, se reúnem e formam uma banda de colégio. Principalmente, eles pretendiam ser um contraponto à música Grunge, que era incrivelmente popular naquela época. E como não poderia ser diferente, a banda formada por adolescentes de 14 anos deu os seus primeiros passos tocando covers de suas bandas favoritas como Deep Purple, Kiss, AC/DC e Iron Maiden, mas logo começaram a compor suas próprias músicas.

Após quase 5 anos e inúmeras tentativas de atrair a atenção de alguma gravadora, a AFM Records finalmente resolveu dar ao Edguy a oportunidade de provar seu valor. Entre 1997 e 2003, a banda lançou 5 álbuns de estúdio, cada um melhor do que o anterior, fazendo que sua base de fãs aumentasse com cada lançamento. O espírito renovado da banda, o seu humor único e picante e o carisma do seu vocalista Tobias Sammet, que se comportava de forma brincalhona durante as performances ao vivo, fez que a banda ganhasse rapidamente uma incrível popularidade. E foi assim que ao passar os anos, o Edguy ficou conhecido por ter um dos shows mais divertidos da cena.

O seu álbum “Mandrake”, lançado em 2001, se tornou um grande clássico da banda. Repleto de melodias charmosas, poderosos riffs e ótimos refrães, o álbum entrou nos TOP 20 em vários rankings europeus e levou à primeira grande turnê do Edguy que percorreu 23 países de quatro continentes (Europa, Ásia, Oceania e América). A turnê durou mais de um ano e foi um sucesso absoluto por onde passou.

Um grande álbum, uma boa posição nos charts, uma base leal de fãs, uma turnê bem-sucedida. Com tudo isso na bagagem, a banda conseguiu mais um triunfo: em outubro de 2003, o Edguy assinou um contrato com a Nuclear Blast e quatro meses depois lançou o EP “King Of Fools” que apresentava cinco músicas inéditas.

As primeiras reações da imprensa para o seu sucessor, “Hellfire Club”, já apontavam para um fato inegável: com este álbum, o Edguy se superava mais uma vez. Após uma breve pausa, a banda lançou o sensacional “Superheroes” (em CD e DVD), que foi apenas um aperitivo para o álbum “Rocket Ride”, lançado em 2006. O Edguy mais uma vez entrou nas paradas em posições altas, tanto na Alemanha como na Suécia. No mesmo ano, o Edguy embarcou na sua terceira turnê mundial, a maior até esse momento.

E depois de dois anos de uma extensa turnê, a banda lançou uma nova obra-prima: “Tinnitus Sanctus”. O álbum foi produzido, gravado e mixado mais uma vez pelo renomado Sascha Paeth nos Gate Studios na cidade alemã de Wolfsburg. Tobias Sammet, na época, comentou sobre este novo bebê da banda: “É um novo álbum e, mais uma vez, partimos para novos horizontes! O material soa muito abrangente, antológico, pesado e corajoso. Todas as nossas marcas registradas estão aqui mas ainda há muitos elementos que são diferentes de tudo o que fizemos até agora. Eu sei o que alguns dos nossos fãs podem pensar porque se minhas bandas favoritas tivessem feito declarações como estas, com certeza, eu teria morrido de medo, mas no nosso caso, tenho plena certeza que este pode ser o álbum pelo qual seremos conhecidos no futuro…

E o Sammet não errou na sua previsão!

Versão dupla que inclui a faixa bônus “Aren’t You a Little Pervert Too?!” com a participação especial do Granato Rambocco and The Killers no CD 1 e a apresentação da banda em Los Angeles durante a Rocket Ride Tour no CD 2.

Adquira sua cópia aqui: https://bit.ly/3y3nXM7

Um lançamento da parceria Nuclear Blast/Shinigami Records.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s