The Gathering: How to Measure a Planet? recebe versão dupla no Brasil pela Shinigami Records

Nenhum comentário

[press-release]

Em 1998, os holandeses do The Gathering lançavam o seu quinto álbum de estúdio “How to Measure a Planet?”, trazendo uma mudança na direção musical, em comparação aos seus trabalhos anteriores “Mandylion” (1995) e “Nighttime Birds” (1997).

Vários foram os fatores que levaram a esta mudança “radical” como o fato da banda se sentir um pouco presa artisticamente devido às altas expectativas de seus fãs, assim como perceber que álbuns como “Ok Computer” do Radiohead e “Mezzanine” do Massive Attack estavam obtendo um grande sucesso e a crescente popularidade de bandas indie/alternative como Slowdive ou Dead Can Dance. Porém, o principal motivo foi ter apenas uma guitarra, após a saída do guitarrista Jelmer Wiersma, que implicava mais espaço para outros elementos diferentes e foi assim que o The Gathering decidiu aproveitar esta oportunidade para experimentar e reinventar seu som.

Sob a orientação do produtor Attie Bauw, a banda desenvolveu uma abordagem mais aprimorada, mais madura e mais sombria. As passagens semi-acústicas, os teclados doces e angustiantes que iluminam o clima e os vocais emocionantes levam a um som muito mais conciso e produtivo. É um álbum que requer paciência e compreensão dos ouvintes pois trata-se aqui de uma jornada pessoal, uma história de provações e tribulações. Há uma sabedoria surreal que é retratada pela instrumentação comovente que dificilmente você encontrará em qualquer outro álbum, de qualquer outra banda.

“How To Measure A Planet?” é mais sutil, o que funciona muito bem com a nova abordagem. O brilho desta obra de arte não está no som esmagador da guitarra ou em qualquer outra instrumentação “exagerada”. Como dito anteriormente, é tudo uma questão de sutileza que, aliás, combinou com a temática espacial encontrada em muitas das músicas, na arte de capa e no encarte.

“How To Measure a Planet?”, gravado nos estúdios holandeses Bauwhaus Studios e Wisseloord Studios, é um álbum ousado e inovador que ultrapassou a fronteira entre o metal gótico dos primeiros álbuns do THE GATHERING e as nuances inexploradas do pós-rock e pós-metal.

Com “How To Measure A Planet?”, o The Gathering se estabeleceu como uma banda experimental com influência de uma grande variedade de gêneros, não apenas do metal.

Adquira sua cópia em https://bit.ly/2SruP5V

Um relançamento da parceria Shinigami Records/Century Media Records.

Capa: Reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s