[Cobertura] Curitiba Celtic Fest celebra cultura celta em noite memorável no Jokers

Nenhum comentário

Curitiba Celtic Fest
Jokers Pub
Curitiba/PR
07 de setembro de 2019

por Clovis Roman e Kenia Cordeiro

Uma festa temática permite ao participante aproveitar as várias nuances de determinada cultura, nesse caso, a música, o vestuário, dança e gastronomia, isso citando apenas alguns pontos. O Curitiba Celtic Fest, como o nome preconiza, visa celebrar a cultura celta, e seu objetivo foi alcançado com folga, em evento realizado nas dependências do tradicional Jokers.

Mandala Folk (foto: Clovis Roman)

A parte musical teve como destaque o Gaiteiros de Lume, que abriu a noite, e o Mandala Folk, com seu som ébrio empolgante. A noite ainda contou com o Jornada Ancestral, Snaidhm, Taberna Folk  e o grupo de dança Irish Trupe. O Gaiteiros mostrou um som bucólico, introspectivo em sua essência, o que demandou do público uma maior sensibilidade para assimilar o todo. Os sons de flautas, acordeom, gaita de fole e hurdy gurdy se uniram de maneira harmoniosa. Claro que teve momentos mais intensos, entretanto, o que tornou o repertório deles – de cerca de 1 hora – bastante agradável do começo ao fim. Um dos organizadores do evento, Bruno Novak, participou do show dos caras.

O Mandala Folk veio na sequência com um som mais agitado, fazendo um contraponto interessante, sempre com qualidade. O Jornada Ancestral também fez bela apresentação, com destaque para “Póvoa Ancestral”, bela canção original de Gumer Ballesteros Lorenzo e rearranjada pelos músicos da banda Raoni Paes Peres e Andy Coutinho, em som que remete a comunidades do interior de Espanha e Portugal, como uma espécie de resgate cultural e histórico. 

Comes e bebes
Não só de música o Curitiba Celtic Fest foi feito. Houve opção em área VIP, no mezanino, com degustação de carne de Javali, servido acompanhado de uma ótima farofa com nozes e similares. Também esteve disponível ao pessoal desse setor chopp e hidromel, bons complementos à carne e à música.

Gaiteiros de Lume (foto: Clovis Roman)

No segundo andar, exposição de diversos artistas e seus produtos artesanais, como colares, roupas, machados, espadas, pedras, além do arco e flecha, disponível ao público em geral. O evento tem como função um resgate histórico e celebração cultural, algo de extrema valia. Iniciativa a ser enaltecida e apoiada. Não à toa, o público presente foi maciça. Grande noite!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s