Navighator: Metal com letras sobre o sentimento humano em disco de estreia

Nenhum comentário

[press-release]

O objetivo da Navighator em seu álbum de estreia, homônimo, é oferecer uma experiência imersiva completa, apresentando faixas com ricas ambientações e composições elaboradas com diversas texturas contando com arranjos orquestrais, piano, sintetizador, guitarras, baixo, bateria e percussão agregados a vocais melódicos.

Com composições abordando assuntos inerentes aos sentimentos humanos em nuances diversas, o projeto adota a temática náutica, reverenciando o poder e mistérios do oceano, o que é evidente em algumas canções: “Tratamos de temas incômodos mascarados por uma cortina de metáforas. Boa parte das letras foi escrita com base em histórias reais e/ou vivências pessoais“, explicou Marcos Medina.

A faixa “Ghost Town” trata sobre o sarcasmo. Um texto sobre lugares e situações onde todos são bem-vindos, e onde ninguém quer realmente estar, pois o aprisionamento, em suas mais diversas formas, acontece. É onde o dever se torna maior que a existência, sacrifícios são feitos, mas a oportunidade e o tempo são perdidos“, detalhou Marcos Medina.

Em “Winter Morning”, que tem a decisão como tema principal, o eu lírico pode ter diversos caminhos para seguir. Entretanto, o caminho escolhido por ele não é revelado e o que permanece é o desejo de ter asas para voar. O texto não se conclui e o final fica aberto para interpretação e reflexão do ouvinte“, observou o vocalista Matheus Miniguini.

Musicalmente, o Navighator flerta com diversos estilos, tendo o heavy metal como base, especialmente o power, melódico, symphonic e tradicional. A produção do álbum se concluiu em 2019, com um projeto de gravação contendo aproximadamente 200 pistas de áudio, participação de Orquestra e coro sinfônico. “Além disso, contamos com a presença do guitarrista Ben Christo (The Sisters of Mercy/ex-Ghost), o baixista Rafael Dafras (Almah/Edu Falaschi), o vocalista Arthur Horeanu, o baterista Sergio Nadaban (Corso) e a vocalista Nathalie Magiési, autora de “When She’s Gone”“, concluiu Medina.

Ouça o álbum, que teve a arte de capa a cargo de Matheus Antunes, em linktr.ee/NavighatorStreaming

Informações
www.facebook.com/navighator
www.instagram.com/navighatorofficial
navighator@gmail.com

Foto: Carlos Gandolfe/Assessoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s