Deep Purple: Paris 1975 em versão remasterizada e remixada pela Shinigami Records

Nenhum comentário

[Press-release]

Live in Paris 1975 é um dos álbuns ao vivo mais importantes dentro da discografia do DEEP PURPLE por dois motivos. Em primeiro lugar é o único álbum ao vivo do PURPLE que traz uma das melhores faixas do álbum “Stormbringer”, ‘The Gypsy’. Em segundo lugar, e mais importante ainda, registra a última aparição do guitarrista Ritchie Blackmore com a banda, até a sua reformulação em 1984.

Descontente com o direcionamento musical mais funk que a banda tomou após as entradas de David Coverdale e Glenn Hughes à banda, Blackmore, no início de 1975, juntou-se a Ronnie James Dio para formar o Rainbow e em 14 de março de 1975 eles lançaram o álbum de estreia chamado simplesmente “Ritchie Blackmore’s Rainbow”. No entanto, a formação conhecida como MARK III (formada por Blackmore, Ian Paice, Jon Lord, Hughes e Coverdale) devia ter um final digno e em grande estilo e, por esse motivo, em 7 de abril de 1975, o DEEP PURPLE se apresentava pela última vez com o guitarrista no Palais des Sports em Paris, França.

“Live in Paris 1975”, agora sob o nome Paris 1975 com nova mixagem e remasterizado digitalmente, tem um dos setlist mais completos da formação MKIII ao vivo e inclui faixas de “Burn”, “Stormbringer” e “Machine Head”.

Neste show de Paris também foi a última vez em que o DEEP PURPLE tocou, além da já mencionada ‘The Gypsy’, as faixas ‘Lady Double Dealer’, ‘Mistreated’ e ‘You Fool No One’ e este fato adiciona um charme e um certo misticismo ao álbum.

A nova versão remasterizada vem em versão DIGIPACK DUPLO com uma entrevista com Coverdale, Hughes e Paice, na qual contam alguns fatos da banda na época e explicam como surgiram algumas das faixas de “Burn” e “Stormbringer” no CD2.

Paris 1975 é mais do que um álbum ao vivo, é um momento histórico que deve ser ouvido pelo menos uma vez por todos os fãs do DEEP PURPLE e do Rock ‘n’ Roll em geral.

Compre aqui: https://bit.ly/3rJdQJK.

Um lançamento da parceria Shinigami Records/earMUSIC/Sound City Records.

Foto: Divulgação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s