Helloween: Disponível relançamento da edição especial de “The Dark Ride” em digipack

Nenhum comentário

O álbum The Dark Ride (2001) marcou uma geração de headbangers que entraram no mundo do metal no começo do atual milênio. A turnê que o Helloween fez para promovê-lo foi um grande sucesso, e passou pelo Brasil, precisando de uma data extra em São Paulo devido a grande procura por ingressos. Em 2014, o disco foi relançado em uma edição especial que inclui as bônus “The Madness Of The Crowds”, “Deliver Us From Temptation” e “If I Could Fly (single edit)”.

Agora em 2021, o trabalho retorna às prateleiras, em uma parceria Nuclear Blast / Shinigami Records. O produto vem em digipack com contracapa sobressalente, para quem não abre mão da versão em acrílico.

Adquira sua cópia no seguinte link: https://bit.ly/3ckuycf.

Como vocês bem sabem, o Acesso Music ama o Helloween! Nós já entrevistamos a banda duas vezes (em 2017 e 2019), e cobrimos um dos shows da banda no Brasil em 2019, na cidade de Florianópolis/SC, quando tocaram ao lado dos também alemães do Scorpions.

E não vamos esquecer da mensagem que Michael Weikath gravou para a gente:

O álbum
Após o sensacional sucesso de Better Than Raw e sua longa e bem sucedida turnê, abrindo de igual para igual para o Iron Maiden, a banda favorita do metal alemão, Helloween, fez uma longa pausa, apenas interrompida pelo lançamento do seu álbum de covers Metal Jukebox.

Este álbum foi o último lançado pela Castle Communications e como as coisas nessa época estavam indo bem, o Helloween estava totalmente relaxado na busca por uma nova gravadora.

A melhor proposta veio dos contemporâneos da Nuclear Blast Records e assim que o acordo foi fechado, a banda começou a trabalhar imediatamente em seu novo álbum que levaria o título de “The Dark Ride”.

Gravado nos My Sueno Music Studios, em Tenerife, Espanha, o álbum traz muitas das marcas registradas do Helloween e, com certeza, não decepcionou nenhum dos milhares de fãs que a banda tem ao redor do mundo.

Ao lado dos produtores Roy Z. (Bruce Dickinson, Rob Halford) e Charlie Bauerfeind, a banda conseguiu criar uma obra que definiu o nível que deveria se esperar de outras bandas do mesmo estilo. Embora Better Than Raw já fosse surpreendentemente pesado, Andi Deris (vocal), Michael Weikath (guitarra), Roland Grapow (guitarra), Markus Grosskopf (baixo) e o baterista Uli Kusch conseguiram que The Dark Ride soasse ainda mais pesado e mais poderoso.

Algo muito especial neste álbum é que a maioria das músicas foi escrita de forma individual, sem a colaboração de outro membro. Portanto, é utilizada uma ampla gama de elementos estilísticos já que cada um dos membros tem seu próprio estilo de composição. Mesmo assim, os caras conseguiram criar um álbum que, sem dúvida alguma, soa como o Helloween e mostra mais uma vez a especial sintonia da banda.

Destacar uma ou algumas faixas do álbum não faria jus a tudo o que é apresentado aqui. Não há sequer uma única música que possa ser rotulada como de “recheio”, porém, se é para dar alguns exemplos podemos facilmente mencionar a faixa que abre o álbum “Mr. Torture”, a poderosa “The Departed” e a incrível “If I Could Fly”. Sem esquecer, claro, da música mais sinistra e pesada de todos os tempos “Escalation 666”.

Foto: Clovis Roman (Michael Weikath, 2019)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s